quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Propaganda Enganosa

     Qual é a diferença entre enviar uma mensagem de texto do tipo sms ou mandar uma msg pelo wahtsapp? Bem, quando você envia um SMS, desde que a pessoa esteja em uma área com sinal e o aparelho esteja ligado e com memória na caixa de entrada, ela receberá sua mensagem. Independente da operadora emissora ser ou não igual a da receptora. Certo? Bem, teoricamente sim. E quando você envia uma mensagem pelo APP você precisa que o receptor esteja conectado a internet.
      Dependendo do tipo de mensagem enviada, se for uma imagem, vídeo ou arquivo de áudio pode ser necessário que o receptor tenha espaço na memória do aparelho também. Mas, ultimamente o Wahtsapp tem sido a primeira opção no compartilhamento de dados, afinal, é visivelmente mais barato. Me recordo que antes da existência do wahtsapp as únicas formas de dividir imagens eram envia-las por e-mail, facebook, publica-las no (ainda existente) orkut ou enviar pelo (sempre úti)l bluetooth. Ninguém enviava fotos por mensagem multimídia. Esse foi um recurso que nunca usei em meus antigos celulares.
     Agora o que me pergunto é: será interessante para as operadoras de telefonia móvel no Brasil que uma internet grátis (ou só barata) e de qualidade seja disponibilizada ao grande público? Eu acredito que não, e acredito também que os grandes empresários estejam usando toda sua influência para impedir que algo do tipo aconteça por aqui. No dia em que todos puderem usar um aplicativo gratuito de verdade, não esse engodo que usam contra nós hoje alegando que algo é gratuito entretanto cobrando por tachas extras por serviços não utilizados, o número de ligações normais serão ínfimos.
     As operadoras sabem disso, e talvez por este motivo e pela eminente chegada de seu fim estejam aproveitando para praticar atos que beiram a criminalidade. Como por exemplo alegarem dar a seus usuários acesso ilimitado as redes sociais sem consumo da franquia, entretando cobrando pelo acesso, mesmo quando o cliente usa tão somente as redes sociais ao longo do dia e digasse de passagem, após o consumo desta ínfima franquia é negado ao usuário o acesso a qualquer tipo de dado da internet.
     É uma completa falta de respeito pelos clientes, o que talvez não fosse uma novidade já que estamos falando do Brasil, onde deputados que são nossos servidores recebem salários exorbitantes e ainda se envolvem em esquemas de desvio da verba pública e recebimento de propinas, mas, parece errado que estejamos tão atrasados quanto a prestação de serviços por parte de empresas de telefonia quando nos recordamos (ou descobrimos) que o país recebeu um aparelho telefônico antes que este fosse adotado em outros países mais desenvolvidos. Isso porque o primeiro telefone do Brasil foi encomendado por Dom Pedro II pessoalmente a Graham Bell o inventor do aparato tido como o um dos marcos científicos mais importante do século XIX. O imperador se tornou amigo pessoal do professor francês durante uma visita aos EUA onde este morava.
     As operadoras dizem em suas propagandas que cobram pequenos preços pelas lligações independente de sua duração, mas, elas sempre caem depois de uma hora e quinze. Dizem que pegam em qualquer lugar, mas se começa a chover você fica incomunicável. Elas dizem que se importam/preocupam com seu bem estar, mas te deixar ouvindo músiquinhas ou de pé em filas enormes quando você mais precisa delas. Eu torço para que novas tecnologias surjam e nos ajudem a nos comunicarmos sem a dependência das operadoras de telefonia, pois, enquanto elas mandarem, nós não seremos clie tes e sim escravos, mas essa é apenas a minha humilde opinião.

Ass: Bruno Santos